You are currently viewing Laticínios integrais podem realmente ser saudáveis ​​para o seu coração

Você sabia que o consumo regular de laticínios podem ser bons para o coração? Mas esse consumo refere-se principalmente aqueles feitos de forma integral.

Na verdade, um estudo publicado na PLOS Medicine em setembro de 2021 encontrou uma associação entre a maior ingestão de gordura láctea e um menor risco de doenças cardiovasculares. 

Parece contraditório, já que até então a grande recomendação de dieta saudável para o coração se concentrava em produtos lácteos sem gordura para promover a saúde cardiovascular.

No artigo abaixo, detalho o estudo que vem ampliando a discussão sobre o tema em relação ao consumo de laticínios bons para o coração. Vamos conferir?

A pesquisa científica

A pesquisa foi realizada em duas partes. A primeira parte foi um estudo de coorte que acompanhou mais de 4.000 adultos suecos por mais de 16 anos.

No início do estudo, os pesquisadores examinaram os níveis de ácidos graxos dos participantes com base em suas amostras de sangue e coletaram informações sobre seu estilo de vida.

Eles também monitoraram os registros de saúde na Suécia para determinar quais participantes desenvolveram doenças cardiovasculares ou morreram no período de acompanhamento. 

As descobertas sugeriram que quanto mais ácidos graxos os participantes tinham no sangue ou tecido adiposo, menor parecia ser o risco de doenças cardiovasculares.

Ao comparar os novos dados com 17 outros estudos, os pesquisadores notaram resultados semelhantes.

Leia também::: Ter um coração saudável fortalece seu cérebro

Prefira gorduras “boas”

Cada vez mais evidências sugerem que o impacto dos laticínios na saúde pode ser mais dependente do tipo — como queijo, iogurte, leite e manteiga — do que do teor de gordura. Isso levanta dúvidas se evitar as gorduras lácteas em geral é benéfico para a saúde cardiovascular.

É importante lembrar que, embora os laticínios possam ser ricos em gordura saturada, eles também são ricos em muitos outros nutrientes e podem fazer parte de uma dieta saudável. 

No entanto, outras gorduras, como o Ômega-3, podem ter maiores benefícios à saúde do que as gorduras lácteas.

Além disso, um ponto importante a considerar no estudo é que ele mostrou que o grupo com o maior biomarcador de ingestão de laticínios também tinha, entre outras coisas, um IMC significativamente mais baixo, era mais ativo fisicamente, tinha uma menor taxa de tabagismo, menores taxas de diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares. 

Tinham também maior nível de educação, maior consumo de vegetais, frutas e peixes e menor consumo de carne processada. Portanto, maior qualidade da dieta — todos fatores associados a menor risco de doenças cardiovasculares.

Você deve mudar sua dieta?

A nova pesquisa não significa necessariamente que é hora de se entregar a laticínios com alto teor de gordura.

Os pesquisadores ainda não conhecem os mecanismos por trás da associação entre a gordura láctea e a saúde do coração. Eles não têm certeza se a gordura láctea foi a verdadeira causa para um menor risco de doenças cardíacas.

Mas como o estudo foi observacional, os cientistas não podem usá-lo para tirar conclusões sobre a causalidade entre os biomarcadores de ácidos graxos e o risco de doenças cardiovasculares. Ou seja, ensaios de controle randomizados são necessários para compreender os mecanismos por trás da associação.

Portanto, vá devagar no consumo de laticínios integrais, antes que mais estudos conclusivos sejam realizados. 

Leia também::: O risco dos refinados na alimentação para a saúde cardiovascular

Mantenha um estilo de vida saudável

Um novo estudo observacional sobre a associação entre a ingestão de gordura láctea e a saúde do coração poderá oferecer um caminho interessante para pesquisas futuras.

Por enquanto, um estilo de vida saudável para o coração envolve mais do que sua dieta. Ou seja, seus níveis de atividade física, sono, uso de suplementos e outros hábitos também são aspectos importantes a serem considerados para quem deseja manter a saúde do coração em dia.

Espero que tenha gostado do artigo sobre a relação entre laticínios integrais e saúde do coração. E para mais informações e muitas dicas para um coração saudável, siga meu canal do Youtube!