You are currently viewing O que é insuficiência cardíaca congestiva?

A insuficiência cardíaca congestiva  ocorre quando o músculo cardíaco não bombeia o sangue tão bem quanto deveria. 

Apesar do nome, insuficiência cardíaca não significa que o coração tenha falhado literalmente ou esteja prestes a parar de funcionar. 

Mas em vez disso, significa que o músculo cardíaco tornou-se menos capaz de se contrair com o tempo ou tem um problema mecânico que limita sua capacidade de se encher de sangue. 

Como resultado, ele não consegue atender à demanda do corpo, e o sangue retorna ao coração mais rápido do que pode ser bombeado — ele fica congestionado ou retraído. 

Esse problema de bombeamento significa que uma quantidade insuficiente de sangue rico em oxigênio pode chegar aos outros órgãos do corpo.

No artigo abaixo explico o que é a insuficiência cardíaca congestiva, prevenção, diagnóstico e tratamento. Vamos conferir?

O que é insuficiência cardíaca congestiva?

Devido a várias causas possíveis, o sangue circula pelo coração e pelo corpo a um ritmo mais lento e a pressão no coração aumenta. 

Como resultado, o coração não consegue bombear oxigênio e nutrientes suficientes para atender às necessidades do corpo.

As câmaras do coração podem responder se alongando para reter mais sangue para bombear pelo corpo ou tornando-se rígidas e espessas. 

Isso ajuda a manter o sangue circulando, mas as paredes do músculo cardíaco podem enfraquecer e tornar-se incapazes de bombear com a mesma eficiência. 

Os rins podem responder fazendo com que o corpo retenha líquidos (água) e sal. Se o fluido se acumular nos braços, pernas, tornozelos, pés, pulmões ou outros órgãos, o corpo fica inchado e congestionado. 

Como prevenir 

A melhor maneira de evitar a insuficiência cardíaca congestiva é evitar as condições que contribuem para ela. As principais são:

Pare de fumar 

Melhor ainda, não comece.  É um fator importante no dano arterial que pode causar insuficiência cardíaca. Evite também o fumo passivo.

Coma de maneira saudável 

Os alimentos que o ajudam são aqueles que contêm pouca ou nada de gordura trans, açúcar ou sódio. 

Ou seja, pense em frutas e vegetais, laticínios com baixo teor de gordura, proteínas magras, como frango sem pele, e gorduras “boas”, como as encontradas no azeite de oliva, peixes e abacates. 

Perca peso

Juntamente com a dieta,  ser fisicamente ativo ajuda a atingir esse objetivo e também é ótimo para o coração.

Como é o diagnóstico?

Não existe um teste para diagnosticar a insuficiência cardíaca. Seu médico irá considerar seu histórico médico, histórico familiar, um exame físico e os resultados de vários testes. 

Esses testes podem incluir:

Eletrocardiograma 

Um teste indolor que fornece informações sobre a atividade elétrica do seu coração, incluindo a velocidade com que ele bate e se você já teve infartos anteriores.

Raio-X de tórax 

Uma imagem do coração, pulmões e outras estruturas do tórax que revela se o coração está dilatado ou há sinais de danos nos pulmões.

Exame de sangue 

O peptídeo natriurético tipo B (BNP) é um hormônio que é um marcador de gravidade e prognóstico de insuficiência cardíaca.

Ecocardiograma 

Uma imagem de ultrassom do coração. É diferente de outro teste, o ultrassom Doppler, que fornece uma imagem do fluxo sanguíneo para o coração e os pulmões. Neste exame o médico co segue olhar o tamanho do seu coração e a força com que ele se contrai.

Monitor Holter 

É medida a atividade elétrica do seu coração ao longo de 24 horas de forma ininterrupta, feita por um dispositivo portátil que você carrega.

Teste de esforço físico 

Você caminha em uma esteira para ver o desempenho do seu coração quando precisa trabalhar duro. 

Leia também::: Suplementos de cálcio fazem mal ao coração?

Como é o tratamento?

Não há cura para a insuficiência cardíaca. O tratamento visa aliviar os sintomas e retardar mais danos. 

Mas o plano exato depende do estágio e do tipo de insuficiência cardíaca, das condições subjacentes e do paciente individual. 

Além disso, entre as formas de tratamento estão mudanças no estilo de vida, como as citadas acima para a prevenção.

A saber, em alguns casos, pode ser necessário também iniciar o tratamento medicamentoso, como vasodilatadores, diuréticos, inibidores da aldosterona, beta-bloqueadores, entre outros. 

Em casos mais graves, a cirurgia é necessária para abrir as artérias bloqueadas ou para substituir as válvulas cardíacas. 

Além disso, alguns pacientes com insuficiência cardíaca congestiva são candidatos a um tipo de marca-passo chamado terapia de estimulação biventricular, que ajuda os dois lados do coração a trabalharem em conjunto.

Ou então é utilizado um desfibrilador cardioversor implantável, que leva o coração a converter um ritmo rápido potencialmente fatal em um normal. 

Quais são os sintomas de insuficiência cardíaca congestiva?

Você pode não ter nenhum sintoma de insuficiência cardíaca ou os sintomas podem ser leves a graves. Os sintomas podem ser constantes ou ir e vir. 

Os sintomas podem incluir:

Pulmões congestionados 

A reserva de fluidos nos pulmões pode causar falta de ar com exercícios ou dificuldade para respirar em repouso ou deitado na cama. A congestão pulmonar também pode causar tosse seca e sibilante.

Retenção de fluidos e água

Menos sangue para os rins causa retenção de líquidos e água, resultando em tornozelos, pernas e abdômen inchados (denominado edema) e aumento de peso. 

Mas os sintomas podem causar um aumento da necessidade de urinar durante a noite. O inchaço no estômago pode causar perda de apetite ou náuseas.

Tonturas, fadiga e fraqueza

Menos sangue nos principais órgãos e músculos faz com que você se sinta cansado e fraco. Menos sangue para o cérebro pode causar tonturas ou confusão.

Batimentos cardíacos rápidos ou irregulares

O coração bate mais rápido para bombear sangue suficiente para o corpo. Isso pode causar batimento cardíaco rápido ou irregular.

Se você tem insuficiência cardíaca, pode ter um ou todos esses sintomas ou nenhum deles. Eles podem ou não indicar um coração enfraquecido.

Por isso, o ideal é fazer um check-up frequente com seu médico cardiologista, para que a insuficiência cardíaca congestiva possa ser diagnosticada mais precocemente, contribuindo para o tratamento.

Leia também::: Insônia tem relação com as doenças do coração?

Cuide do seu coração!

Com os devidos cuidados, a insuficiência cardíaca congestiva pode não impedi-lo de fazer as coisas de que gosta. 

Ou seja, seu prognóstico ou perspectiva para o futuro dependerá de quão bem seu músculo cardíaco está funcionando, seus sintomas e quão bem você responde e segue seu plano de tratamento.

Mas é fundamental que você sempre siga as orientações do seu médico, sobre o que pode e o que não pode fazer, e seguindo essas orientações, aliada a mudanças no seu estilo de vida, poderá levar uma vida relativamente normal.

Espero que tenha ficado claro o que é insuficiência cardíaca congestiva. E para mais dicas e muita informação sobre saúde do coração, siga também meu canal no Youtube!