You are currently viewing Tomar banho também pode ser bom para o coração

Nem preciso dizer que banho é indispensável né?! Mas sabia que tomar banho é bom também para a saúde cardiovascular?

É sério gente! E quem diz isso são alguns estudos que relacionam o banho à melhora da saúde do coração.

Em um período onde vemos cada vez mais pessoas tendo problemas cardíacos, às vezes mudanças simples no nosso dia a dia podem fazer toda a diferença, como uma simples chuveirada.

E quer saber como que o banho ajuda na saúde cardiovascular? Então confira o artigo que compartilho abaixo, onde apresento um estudo feito sobre o tema!

A importância do banho

Terminar o dia com um banho quente pode trazer mais benefícios que você imagina. Segundo estudo, pode diminuir o risco de doenças cardíacas e derrames, além de ser benéfico para a qualidade do sono e para o quão saudável uma pessoa pensa que é.

Outra pesquisa descobriu que um banho quente diário também está associado a um risco 28% menor de doença cardíaca e um risco 26% menor de acidente vascular cerebral. Isso ocorre provavelmente porque tomar banho também está associado à diminuição sua pressão arterial.

Os pesquisadores descobriram isso depois de rastrear os hábitos de banho e o risco de doenças cardiovasculares de mais de 61.000 adultos japoneses por 20 anos.

Como resultado, eles perceberam que o banho frequente estava significativamente associado a um menor risco de hipertensão.

Leia também::: Por que ficar sentado demais pode prejudicar a saúde do seu coração

Banho ligado à saúde do coração

Participantes do estudo, com idades entre 40 e 59 anos sem histórico de doença cardíaca foram acompanhados de 1990 a 2009. 

No início do estudo, eles foram separados em grupos pela frequência com que tomavam banho em uma banheira em média: menos de uma vez por semana, um a duas vezes por semana, quase diariamente ou todos os dias.

Os pesquisadores também coletaram informações sobre fatores potencialmente influentes, como peso dos participantes, tabagismo, frequência com que se exercitavam, ingestão de álcool, situação profissional, educação, quanto tempo dormiam, estresse mental percebido e prazer na vida.

No final do período de acompanhamento em 2009, dos mais de 30.000 participantes finais, os pesquisadores documentaram 2.097 casos de doenças cardiovasculares, incluindo 275 infartos, 53 mortes súbitas cardíacas e 1.769 derrames. 

Eles descobriram que quanto mais os participantes tomavam banho, menor era o risco de doenças cardiovasculares.

A temperatura da água, com base nas descrições dos participantes, também foi importante. Houve um risco 26% menor de doença cardíaca com água morna e um risco 35% menor de doença cardiovascular com água quente.

Mas como o banho ajuda o coração?

O banho de banheira é considerado um efeito preventivo contra doenças cardíacas, melhorando o que é chamado de “função hemodinâmica”. Isso descreve a maneira como o sangue pode ser bombeado eficientemente pelo corpo.

Uma boa função hemodinâmica significaria que o coração é capaz de bombear sangue com eficiência sem ter que lutar contra condições como a hipertensão arterial.

Ou seja, a boa função hemodinâmica se traduz em uma pressão arterial baixa ou estados normais de pressão arterial, onde o coração é capaz de bombear com eficiência e levar sangue para todos os órgãos. 

Por sua vez, a hemodinâmica ruim são estados de pressão arterial extremamente alta ou baixa, onde o coração precisa trabalhar mais.

Além disso, segundo os pesquisadores, o banho de banheira é semelhante ao exercício, pois aumenta o trabalho do coração, mas o faz relaxando os vasos sanguíneos e fazendo com que o sangue bombeie para outras partes do corpo.

Leia também::: A ligação entre a disfunção erétil e a saúde do coração

E o banho gelado faz bem?

No calor de algumas regiões brasileiras, o banho gelado é unanimidade, não é mesmo? Mas saiba que ele também é recomendado e faz bem ao coração!

O aumento da circulação é uma das principais razões pelas quais eu mesmo recomendo também o banho frio.

À medida que a água fria atinge seu corpo e membros externos, ela restringe a circulação na superfície do corpo. Isso faz com que o sangue em seus tecidos mais profundos circule em taxas mais rápidas para manter a temperatura corporal ideal.

Nesse sentido, um banho frio tem o efeito oposto de um banho quente para alguém com hipertensão ou doença cardiovascular, já que a exposição a temperaturas frias aciona o sistema circulatório para reduzir a inflamação e pode ajudar a prevenir doenças cardiovasculares.

Além disso, a água fria também ativa o sistema nervoso simpático, a parte do sistema nervoso que governa a resposta de luta ou fuga. Essa é uma reação fisiológica automática a um evento como perigoso, estressante ou assustador. 

Quando isso se ativa, como durante um banho frio, você obtém um aumento no hormônio noradrenalina. Isso é o que causa o aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial observado quando as pessoas estão imersas em água fria e está ligado às melhorias de saúde de modo geral.

Então, tome mais banhos!

Então, o que isso significa? Que tomar banho é bom para a limpeza do corpo, para relaxarmos após um dia cansativo, e também para o CORAÇÃO!

Como vimos, não importa se é gelado ou quente, ambos fazem um bem danado para nosso sistema cardiovascular.

E se tiver banheira em casa, melhor ainda! Afinal, como os estudos deixam claro, eles permitem uma melhor hemodinâmica e mais qualidade à saúde cardiovascular.

Gostou do artigo? Então me segue também lá no canal do Youtube, onde compartilho muitas dicas e informações para a saúde cardiovascular!